Interno da Gameleira é preso pela Polícia Civil com revólver calibre .38

Da Redação

Ontem (27), a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) prendeu por porte ilegal de arma de fogo um interno da Colônia Penal Agrícola da Gameleira que prestava serviço na Escola Estadual Professora Zelia Quevedo Chaves, em Campo Grande. Ele estava com um revólver calibre .38 e 6 munições intactas dentro da mochila.

Após informações sobre a posse de objetos de origem ilícita com internos da Gameleira, os agentes iniciaram deslocamento até o local para averiguar a denúncia. Os policiais observaram que o ônibus que realiza o transporte deles estava deixando a escola.

Os agentes abordaram e vistoriaram o veículo e nada foi encontrado. Porém, alguns internos informaram que deixaram objetos pessoais na escola. Uma das equipes se deslocou até a escola e revistou os pertences, sendo que em uma das mochilas havia a arma e o crachá de identificação do dono.

Ao ser entrevistado pelos policiais, o suspeito admitiu ser o proprietário da mochila e da arma em questão. Ele afirmou que possuía a arma para sua proteção. O suspeito foi preso em flagrante e conduzido à delegacia.