Intenção de consumo melhora, mas fica abaixo do mesmo período de 2018

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) campo-grandenses reagiu neste mês de setembro frente a agosto, conforme pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), porém, ainda está abaixo da registrada no mesmo período em 2018.

O índice fechou em 97 pontos, frente a 95,6 em agosto, porém em setembro de 2018 estava em 98,5. Ambos estão na chamada “zona negativa”, ou seja, abaixo dos 100 pontos. “De agosto para setembro tivemos avanço e uma ação que se mostrou exitosa para o comércio foi a ‘Semana da Pátria’, com promoções no varejo”, observa o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Edison Araújo. Sondagem do Sindivarejo-CG, realizador da Promocentro, entre os dias 05 e 10 de setembro revelou que 79,34% dos lojistas pesquisados da Região Central de Campo Grande, tiveram retorno financeiro com a Semana da Pátria. A sondagem foi feita com apoio do IPF-MS e CDL.

O ICF aponta diferentes cenários conforme a faixa de renda. Para os que recebem até 10 salários mínimos,  permanece na zona negativa, enquanto as famílias com maior renda ficou em 106,8 pontos, superando setembro de 2018.

Sobre o atual nível de consumo, 21,3% dos entrevistados dizem estar comprando mais; 41,6% reduziram as compras e 36,9% dizem estar consumindo a mesma coisa que em igual período do ano passado.

Confira o estudo na íntegra em anexo

Comentários