Integrante da OEA visita aldeias de Dourados nesta quarta

Integrante da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) da OEA (Organização dos Estados Americanos, Antonia Urrejola, visitará as aldeias de Dourados nesta quarta-feira (7/11).

Ela passa o dia no maior município do interior sul-mato-grossense e participa de diversas agendas para tratar a questão indígena.

Comunidade Ñu Verá, em Dourados – Crédito: MPF

Conforme agenda preliminar divulgada pela organização da visita, Antonia Urrejola realizará observação de campo sobre a situação dos direitos humanos em aldeias na região de Dourados pela manhã.

Já no período da tarde, a partir das 14h, a visita será na Aldeia Jaguapiru. Às 16h, está agendada audiência ampliada com organizações da sociedade civil na Fadir (Faculdade de Direito) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

A visita da OEA começou ontem e se estende até 12 de novembro e atende a convite feito pelo governo brasileiro no início deste ano.

FOCOS

De acordo com nota divulgada pelo Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos, a CIDH terá os seguintes focos principais: discriminação, desigualdade, pobreza, institucionalidade democrática e políticas públicas em direitos humanos. Dentro desses eixos, a comissão dará especial atenção aos grupos que historicamente se encontram em situação de discriminação, vulnerabilidade e exclusão.

A delegação que conduzirá a visita será chefiada pela presidente da CIDH, Margarette May Macaulay; a primeira vice-presidente, Esmeralda Arosemena de Troitiño; o segundo vice-presidente, Luis Ernesto Vargas Silva; os comissários Francisco José Eguiguren Praeli e Joel Hernández García, e a comissária Antonia Urrejola Noguera, relatora para o Brasil. O grupo inclui outras autoridades e especialistas.

Serão visitados, além de Mato Grosso do Sul, a cidade de Brasília e os Estados da Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Roraima e São Paulo.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui