Inquérito que investiga sumiço de cocaína em delegacia é renovado para mais 30 dias

Nádia Nicolau

Continuam as investigações em torno do caso de sumiço de cocaína da 1ª Delegacia de Aquidauana que, até o momento, já resultou na prisão de diversas envolvidos, inclusive com envolvimento do então titular da unidade policial, delegado Eder Oliveira Moraes.

Foto: Neia Nantes.

Em entrevista ao Capital Meio Dia, o novo titular da 1ª Delegacia de Aquidauana, delegado Wilkson Vasco disse que ele, juntamente a uma força tarefa estão dando prosseguimento às investigações. Conforme a autoridade policial, o inquérito foi estendido para 30 dias.

Relembrando o ocorrido, Vasco disse que no dia em que foi descoberto o desaparecimento, um escrivão e outro servidor da delegacia estavam fazendo uma fiscalização dentro do depósito da delegacia, quando deram por falta da droga. “Com a descoberta, foi iniciada a investigação com uma força tarefa. Todos são investigados”.

O delegado Vasco, que era adjunto do delegado titular envolvido no sumido da cocaína, disse que esse pode ser considerado um caso isolado e que os trabalhos continuam. Com o prazo do inquérito ampliado para mais 30 dias, de acordo com delegado a tramitação prossegue e após deve ser encaminhado ao Poder Judiciário.

O titular da delegacia de Aquidauana disse também que a droga é oriunda de Corumbá, região da fronteira.

Comentários