Induzido pelo filho, motorista é preso por traficar droga avaliada em mais de R$ 100 mil

César Moreira de Andrade, 53 anos, foi preso no final da tarde da última sexta-feira (25), após ser flagrado com mais de 11 quilos de pasta base e cocaína na BR-262, em Miranda. A droga foi avaliada em aproximadamente R$ 105 mil. Ele teria sido induzido pelo filho que cumpre pena por homicídio no Presídio de Segurança Máxima.

César trabalhava há sete anos como motorista de uma transportadora. Foto: Ivan Silva
César trabalhava há sete anos como motorista de uma transportadora. Foto: Ivan Silva

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, da Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico (Denar), a prisão do traficante foi realizada após denúncia anônima. “Os policiais foram até a BR-262, em Miranda, onde uma ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na prisão de César. Ele contou que receberia R$ 300 reais pelo quilo da droga transportada”, contou.

Droga foi avaliada em R$ 105 mil. Foto: Ivan Silva
Droga foi avaliada em R$ 105 mil. Foto: Ivan Silva

O traficante, que há sete anos trabalha como motorista de uma construtora, estava transportando a droga em uma carreta junto a uma carga de cimento. Para a polícia, César contou que pegou o entorpecente de uma mulher em Corumbá e entregaria para outra em Campo Grande, próximo ao posto de saúde do bairro Universitário.

Segundo informações da polícia, o filho de César cumpre pena no Presídio de Segurança Máxima por homicídio e teria induzido o pai a transportar a droga durante uma visita. O valor pago pelo transporte seria dividido entre os dois. César não tinha passagem pela polícia e afirmou que está muito arrependido.

No total, a polícia encontrou na carreta 11,2 kg de cocaína, sendo dois tabletes da droga pura.

César responderá por tráfico e associação ao tráfico de drogas. O filho dele também será indiciado.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários