Indústria seleciona profissionais para atuar no Mato Grosso do Sul

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Eldorado Brasil (www.eldoradobrasil.com.br) oferece oportunidades de trabalho em Três Lagoas, Bataguassu e Água Clara (MS). As vagas abertas são para atuar na área Florestal da companhia.

Vaga: Especialista de Manutenção Florestal

Requisitos: ensino superior completo (preferencialmente em Engenharia Mecânica), experiência comprovada na área, conhecimento nos conceitos de manutenção e gestão de ativos e seus processos, domínio avançado de Excel. É necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) B.

Local de Trabalho: Três Lagoas e Bataguassu

Vaga: Especialista de Mecanização em Silvicultura

Requisitos: formação em Engenharia Florestal, Mecânica, Agrícola ou Agronomia. Experiência comprovada em projetos de mecanização agrícola ou florestal, bem como, conhecimentos em projetos de implementos agrícolas, mecânica de máquinas e equipamentos. Pós-graduação na área de mecanização será um diferencial.

Local de Trabalho: Três Lagoas

Vaga: Líder de Colheita Florestal

Requisitos: experiência com Colheita Florestal e curso técnico Agrícola ou Florestal.

Local de trabalho: Água Clara

Em todos os casos, é necessário disponibilidade para morar na cidade de trabalho.

Os interessados nas vagas devem cadastrar seu currículo até 8 de agosto, no canal “Trabalhe Conosco” do site da empresa. Profissionais interessados em participar de outros processos seletivos da Eldorado também podem cadastrar seus currículos no mesmo endereço.

Sobre a Eldorado Brasil

A Eldorado Brasil é uma empresa 100% nacional, controlada pelo Grupo J&F, com presença no mercado global de celulose branqueada de eucalipto – matéria-prima proveniente de florestas certificadas no Mato Grosso do Sul. Com um faturamento de R$ 3,8 bilhões em 2015, a empresa conta com uma unidade industrial altamente tecnológica em Três Lagoas (MS) com capacidade de produção anual de até 1,7 milhão de toneladas de celulose por ano, o que garante resultados competitivos e sustentáveis na produção. Em junho de 2015, a companhia deu início à construção de sua segunda linha produtiva, conhecida como Projeto Vanguarda 2.0, prosseguindo com o seu objetivo de ter o maior complexo de celulose do mundo.

Comentários

comentários