Setor industrial de MS tem melhor geração de empregos em 30 meses

Construção civil foi setor que mais gerou empregos no estado em agosto (Foto: Reprodução)
Construção civil foi setor que mais gerou empregos no estado em agosto (Foto: Reprodução)

A indústria de Mato Grosso do Sul registrou no mês de agosto a melhor marca na geração de empregos dos últimos 30 meses, com a abertura de 1.037 vagas, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (29), pelo Radar Industrial, da Federação das Indústrias do estado (Fiems).

No acumulado do ano, o segmento industrial contabiliza a abertura de 2.128 postos formais de trabalho. Na avaliação do presidente da Fiems, Sérgio Longen, a indústria é a grande referência em termos de crescimento e desenvolvimento do estado e os empresários do setor têm trabalhado forte nessa direção.

“Os números agradam a todos nós e a Fiems tem procurado atender as demandas das empresas instaladas, além de buscar novas opções para diversificar a indústria no Estado”, afirmou.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, explica que, considerando apenas o ano de 2016, o saldo das contratações nas atividades industriais do Estado ficou positivo em seis dos oito meses com dados oficiais disponíveis.

“Porém, nos últimos 12 meses, foram encerradas 2.477 vagas, mas o desempenho vem melhorando. Por exemplo, na comparação com o início do ano, os últimos 12 meses terminados em janeiro indicavam o fechamento de 9.003 vagas. Ou seja, o total de vagas encerradas na indústria estadual, no comparativo anualizado, se reduziu em 72%”, detalhou.

Principais segmentos
Resende explica que no mês de agosto os segmentos da indústria que mais geraram novos postos de trabalho foram a indústria da construção (609), alimentos e bebidas (315) e química (81), enquanto no ano os maiores empregados foram a indústria da construção (2.354), a de serviços industriais (470), a de alimentos e bebidas (334) e a de borracha, couro e diversas (236).

Comentários

comentários