Índio foi morto enquanto bebia água em córrego

O indígena Semião Fernandes Vilhalva, de 24 anos, que foi morto com três tiros ontem (29) na fazenda Fronteira, em Antônio João, estava bebendo água em um córrego quando foi atingidos pelo disparos.

De acordo com o boletim de ocorrência, a fazenda onde ocorreu o crime foi invadida por indígenas há alguns dias. Ontem, fazendeiros foram até o local para tentar expulsar os índios, quando acabaram entrando em confronto.

Fazendeiros e políticos se reuniram para debater conflito em Antônio João (Foto: Leo Veras/ Arquivo Pessoal)
Fazendeiros e políticos se reuniram para debater conflito em Antônio João (Foto: Leo Veras/ Arquivo Pessoal)

Momento após a confusão, um grupo de indígenas encontrou Simião já sem vida na beira do córrego. Ele foi atingido por três tiros de arma de fogo.

Em nota, o governo do Estado informou que a perícia esteve no local e as causas da morte serão apuradas.

Comentários

comentários