‘Inconcebível que um advogado grave um cliente’, escreve Trump em rede social

Folha.com/JN

O presidente americano, Donald Trump, usou sua conta no Twitter neste sábado (21) para contestar a gravação que seu ex-advogado teria feito de conversa sobre pagamento a ex-modelo.

Segundo Trump, é “inconcebível que um advogado grave um cliente -totalmente inaudito e talvez ilegal.” Ele prossegue: “A boa notícia é que seu presidente favorito não fez nada de errado”.

O advogado Michael D. Cohen gravou em segredo uma conversa que teve com o presidente americano, Donald Trump, em que ele discutiu pagamentos a uma ex-modelo da Playboy que dizia ter tido um caso com o republicano.

As informações foram publicadas pelo jornal The New York Times na sexta-feira (20). Segundo o diário, a gravação foi feita dois meses antes das eleições de 2016.

A conversa foi encontrada pelo FBI -polícia federal americana- neste ano, durante revista ao escritório de Cohen. O ex-advogado, que representou Trump durante anos, é investigado pelo Departamento de Justiça por envolvimento no pagamento a mulheres durante a campanha eleitoral de 2016 para evitar que histórias do republicano viessem a público antes das eleições.

 

Comentários