A importância de um psicólogo em uma comissão técnica

POR GAZETA ESPORTIVA

Para a psicóloga Hortênsia Rosito a presença de profissionais da área atuando ao lado de atletas é extremamente benéfico. En 25 de abril, foi aprovado no Senado Federal o projeto de lei que defende a presença continuada de um profissional habilitado de Psicologia, integrando comissões técnicas das equipes esportivas, especialmente nas de alto rendimento, independente da modalidade. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 13/2012 foi aprovado na ‘Comissão de Educação, Cultura e Esporte’.

De acordo com a psicóloga, os jogadores convivem diariamente com situações de stress e ansiedade, entre outras coisas, e precisam ter boa saúde física e também – ou principalmente – mental. “A aprovação desta Lei e sua imediata aplicação poderão combater lacunas importantes no treinamento e formação do atleta”, explica Hortênsia, lembrando que a Lei Pelé já obriga que os clubes garantam assistência psicológica aos atletas da base.

“Para o atleta profissional, seja qual for o esporte, o comportamento da torcida pode ser altamente estimulante e motivador, assim como também é fonte de pressão. São diversas as pressões necessariamente enfrentadas pelo atleta: da equipe, como processo de grupo; do técnico; da torcida; além de aspectos individuais”, acrescenta.

“O suporte psicológico pode evitar que pressões desencadeiem ansiedade, depressão ou queda da autoestima. O preparo psicológico contínuo certamente fortalecerá o equilíbrio psicodinâmico, atingindo direta e positivamente o desempenho esportivo do jogador”, completa Rosito.

Caso nenhum recurso seja apresentado, Projeto de Lei do Senado (PLS) 13/2012, de autoria do ex-senador Marcelo Crivella, será enviado para apreciação dos deputados. Se modificada na Câmara dos Deputados, a preposição retorna ao Senado, caso contrário, seguirá para sanção do presidente da República, Michel Temer.

“A Lei em questão favorecerá o aprimoramento da Psicologia em suas múltiplas aplicações. A necessidade do suporte psicológico ao atleta tem sido discutida sem sofrer atitudes efetivas”, finaliza Hortênsia Rosito.

Fonte: ASE Press

Comentários