Igreja Católica pede doações para manutenção do Cristo Redentor

Inaugurada em 1931 a estátua é considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno. (Foto: Cristina Boeckel)

Os responsáveis pelo monumento mais visitado do Brasil não recebem nem um centavo dos ingressos contados para vê-lo. O responsável pelo Santuário do Cristo Redentor, padre Omar, contou que o monumento é mantido há 85 anos com a ajuda de doações da iniciativa privada e a ajuda da Arquidiocese mas que, infelizmente, vai precisar recorrer aos fiéis para conseguir fechar as contas com um pouco mais de folga.

A Arquidiocese do Rio iniciou nesta quinta-feira (8) uma campanha em busca de doadores para a estátua mais famosa do país, inaugurada em 1931 é considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno. Os interessados em fazer doações podem acessar o site www.cristoredentoroficial.com.br ou através de depósito no banco Bradesco, agência 0814, conta corrente 076196-6, favorecido Mitra Santuário Arqui do Cristo Redentor.

Em um dia de sol, o monumento estava cheio de turistas que estavam disputando espaço para conseguir o melhor clique da estátua, considerada uma das maravilhas do mundo moderno. A estátua faz jus a fama. É a atração turística mais vista do Brasil, com 3 milhões de visitantes anuais.

Comentários