Idoso é encontrado morto no quintal de casa no bairro Vila Rica

Idoso foi encontrado enforcado em uma laranjeira, nos fundos da residência. (Foto: Paulo Francis)
Idoso foi encontrado enforcado em uma laranjeira, nos fundos da residência. (Foto: Paulo Francis)

Um homem de 60 anos foi encontrado morto por volta das 12hrs desta sexta-feira (19), no quintal de sua casa, que fica localizada na Rua Jurema, Vila Rica, em Campo Grande. O senhor foi identificado como Ramão Jesus Sandin, sofria de problemas mentais e provavelmente atentou contra sua vida. Ele foi encontrado amarrado por um fil de nilon no pescoço a uma laranjeira do pomar que fica aos fundos da residência.

Acredita-se que o fato ocorreu ainda na noite de ontem (18), já que segundo informações policiais, Ramão comentou com uma tia que iria para a casa da mãe, como estava tarde ela achou que ele havia saído, mas quando algumas crianças da casa foi até o pomar apanhar frutas o encontrou já sem vida. O corpo de bombeiros foi acionado e de imediato constatou o óbito.

O Capelão do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Edílson dos Reis, esteve recentemente no estúdio da Página Brazil para alertar sobre a importância prevenção ao suicídio, do dialogo e do compartilhamento da dor.

Muitas pessoas não sabem, mas no estado existe a Associação Sul-mato-grossense de prevenção ao suicídio, que tem o objetivo de criar cursos, promover palestras e seminários voltados a comunidade em geral e aos profissionais de saúde que atuam nessas áreas, como também grupos religiosos.

“Para quem esteja passando por um sofrimento, a orientação é sempre buscar uma pessoa para conversar, seja um familiar, amigo, padre, pastor, psicólogo, assistente social, mas jamais fique só para você a dor pois uma dor não compartilhada dói mais. E tudo que tem um começo tem um fim, mas não o fim da morte e sim o fim de um ciclo e o começo de uma nova vida”, comentou na época.

Em Campo Grande o telefone para atendimento do GAV (Grupo de Amor a Vida) é o 141, e em outras partes do Brasil há também o CVV ( Centro de Valorização a Vida), com o mesmo número.

Associação fica localizada na Rua 15 de Novembro, na Fatel (Faculdade Teológica Instituto de Desenvolvimento Humano).

Paulo Francis

Comentários

comentários