Idosa é morta por namorado com facada no pescoço

Autor foi preso após esfaquear namorada no pescoço (Foto: Divulgação/PC)
Autor foi preso após esfaquear namorada no pescoço (Foto: Divulgação/PC)

Regina Oneves da Silva de 61 anos foi morta pelo namorado de 66 anos em Camapuã, distante 126 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, na noite de sábado (5) com golpes de facadas. O suspeito foi preso depois de apresentar contradição no depoimento.

O corpo da vítima foi encontrado no quarto da residência onde morava em meio à poça de sangue e com um corte no pescoço na manhã deste domingo (6).

Segundo a polícia, José Ricardo da Mota, de 66 anos, se apresentou dizendo ser namorado da vítima, e que que na noite anterior três homens encapuzados apareceram armados com facas e os ameaçaram de morte.

Após a ameaça, segundo José Ricardo, os supostos agressores teriam lhe causado um ferimento em seu antebraço com uma faca. Além disso, o homem relata que após a agressão fugiu para sua residência. Porém, quando retornou para a casa da namorada, ele a encontrou morta.

Mas, os vizinhos contaram à polícia que ouviram o casal discutindo no dia anterior e um deles ainda viu o suspeito escondendo algo no quintal. A polícia foi checar e encontrou a faca de 36 centímetros utilizada no crime.

Diante dos fatos relatados pelas testemunhas, o suspeito recebeu voz de prisão e o caso foi registrado como feminicídio qualificado, se praticado contra pessoa menor de 14 anos, maior de 60 anos ou deficiência mental no Distrito Policial de Camapuã.

Comentários

comentários