Ideias inovadoras: Empreendedores de MS desenvolvem bebidas funcionais em cápsulas

Ideias inovadoras têm sido catalogadas e apoiadas em todo o país por meio do Programa Centelha; e no Mato Grosso do Sul não é diferente. Jovens empreendedores de Dourados estão desenvolvendo bebidas funcionais em formas de cápsulas, compatíveis com cafeteiras disponíveis no mercado.

Foto: Fundect

O Projeto  SmartCaps Bebidas Funcionais ficou na quarta colocação do Centelha MS e, segundo seu coordenador, Adriano Ribeiro, o objetivo é desenvolver cápsulas de café e de chá com suplementos alimentares como a taurina e o colágeno.

“Seja pela praticidade ou pelo sabor, chás e cafés em cápsulas têm sido amplamente utilizados nos últimos anos. Nossa ideia é de que estas bebidas contenham também vitaminas e demais suplementos alimentares, e que sejam comercializadas via e-commerce e também em mercados e demais estabelecimentos”, afirma Adriano.

Segundo o coordenador do projeto, este produto será o pioneiro no país e deverá começar a ser comercializado ainda em 2021.

O programa

Criado em 2019, o Programa Centelha já beneficiou quase 60 empreendedores de Mato Grosso do Sul, em meio a dezenas de propostas inscritas. No Estado, ele é gerenciado pela Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia), vinculada à Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“O Centelha é a consolidação do projeto do Governo de Mato Grosso do Sul de desenvolver ciência e tecnologia para atender as necessidades do mercado. É investimento em ciência, tecnologia e empreendedorismo, que gera novos modelos de negócios, transformando a base da economia estadual com maior abertura para a inovação e a sustentabilidade”, afirma o secretário-adjunto da Semagro, Ricardo Senna.