Hospital Dia passa a receber pacientes com dengue

O Hospital Dia, no Centro de Doenças Infecto Parasitárias (Cedip), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande, vai atender, a partir desta quinta-feira (28), pacientes com dengue, por meio de encaminhamento das unidades de emergência (UPA/CRS).

O local faz parte do plano contingência da Prefeitura e vai funcionar 24 horas por dia para acolher pacientes encaminhados via Central de Regulação Hospitalar (Core), que necessitem de acompanhamento e internação.

Serão ofertados 14 leitos, dependendo da demanda de pacientes regulados. Devem trabalhar na unidade, em cada período do dia, um médico clínico geral, um enfermeiro, um administrativo e três técnicos de enfermagem.

DSC04741O secretário de Saúde, Marcelo Vilela, esteve no Hospital Dia para verificar as condições das instalações e destacou a importância da unidade no enfrentamento da doença. “Com este local funcionando como retaguarda para pacientes que necessitam de internação, devido às complicações da doença, vamos ampliar a oferta de leitos e absorver a demanda das unidades de urgência e emergência, que registraram aumento de pacientes”, justificou.

Situação epidêmica 

Do dia 1º de janeiro até o dia 28 de fevereiro foram notificados 6.414 casos de dengue em Campo Grande. O aumento de casos este ano motivou a Prefeitura a emitir um alerta de risco eminente de epidemia de dengue que, estatisticamente, já está consolidada, uma vez que os casos registrados até agora superam a marca de 300 para cada 100 mil habitantes, margem considerada de “segurança” pelo Ministério da Saúde.

No início dessa semana, a SESAU encaminhou pedido ao Ministério para que seja decretada situação de emergência, o que deve dar mais celeridade na compra de medicamentos e insumos e também facilitará a contratação de mais profissionais para reforçar o atendimento nas unidades de saúde do Município.

Comentários