Homem que morreu em capotamento de caminhão estava com documentos de outra pessoa

O homem que morreu esmagado por um caminhão carregado com mandioca que capotou na noite dessa segunda-feira (8), é Luis Fernandes, 50 anos, e não Fábio Rogério Faria, como havia sido identificado anteriormente. De acordo com a Polícia Civil, a confusão ocorreu porque a vítima estava com os documentos de Fábio.

Motorista e o Carona ficaram presos nas ferragens da cabine, um foi salvo o outro morreu no local (Foto: Jose Pereira/SidrolandiaNews)
Motorista e o Carona ficaram presos nas ferragens da cabine, um foi salvo o outro morreu no local (Foto: Jose Pereira/SidrolandiaNews)

O fato ocorreu por que após a divulgação da morte de Fábio, a família não reconheceu o corpo, mas apontou que a vítima seria um tal de Luís, e que o mesmo estaria de posse de documentos pessoais porque ambos são fisicamente parecidos. Contra Fábio consta mandados de prisão em aberto.

O acidente aconteceu na BR-060, em Sidrolândia – distante 70 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o registro da ocorrência, Luís era passageiro do caminhão que seguia sentido Nioaque-Sidrolândia.
Na rotatória da saída de Sidrolândia, o condutor Daniel Domingos Roque, de 52 anos, perdeu o controle do veículo e capotou às margens da rodovia.

O motorista após o caminhão ser levantado foi constado que o mesmo morreu no local (Foto: Jose Pereira / SidrolândiaNews)
O motorista após o caminhão ser levantado foi constado que o mesmo morreu no local (Foto: Jose Pereira / SidrolândiaNews)

O passageiro não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já o motorista, foi socorrido por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado até a Santa Casa da Capital consciente.
O caso foi registrado como morte a esclarecer na delegacia de polícia de Sidrolândia e será investigado.

Comentários

comentários