Homem que matou a ex foi preso quando preparava fuga para São Paulo

O pedreiro Alex Arlindo Anacleto de Souza, acusado de ter matado a ex-esposa Isis Caroline da Silva Santos, de 24 anos, e jogado o corpo em um córrego na cidade de Ribas do Rio Pardo foi preso, em Três Lagoas, quando estava prestes a fugir para São Paulo. A informação é do site TL Notícias.

Polícia localizou corpo em um rio de Ribas do Rio Pardo (Foto: Ariovaldo Dantas / TV Morena)
Polícia localizou corpo em um rio de Ribas do Rio Pardo (Foto: Ariovaldo Dantas / TV Morena)

Oeste, Bairro Vila Alegre, onde tem familiares. O corpo da vítima também foi encontrado neste sábado.
À Polícia ele teria confessado o assassinato de Isis alegando que o motivo foi por traição.

O pedreiro veio para Campo Grande, deixando Três Lagoas às 15h e neste domingo deverá ser apresentado à imprensa.

Alex Arlindo Anacleto de Souza foi preso neste sábado em Três Lagoas - Foto: TL Notícias
Alex Arlindo Anacleto de Souza foi preso neste sábado em Três Lagoas – Foto: TL Notícias

O CASO

A vítima desapareceu na terça-feira passada e deixou as duas meninas de 3 e 6 anos trancadas em seu apartamento, no Residencial Castelo de Mônaco, no Bairro Pioneiros, em Campo Grande. Os vizinhos acionaram o Conselho Tutelar, que deixou as crianças com os avós. A partir do ocorrido, a polícia abriu inquérito para investigar o caso.

Há registro policial que indica que a jovem teria sido torturada e estuprada pelo ex-marido em 2014 e, na ocasião, o agressor teria raspado sua cabeça.

Comentários

comentários