Homem que espancou e ateou fogo em vítima é preso em flagrante

Para a polícia, ele cometeu o crime com a ajuda de três menores Foto: divulgação Polícia Civil
Para a polícia, ele cometeu o crime com a ajuda de três menores Foto: divulgação Polícia Civil

O homem suspeito de ter espancado e ateado fogo em Paulo César Marins, de 48 anos, encontrado morto na manhã da última sexta-feira (15), em Naviraí, sul do Estado, foi preso em flagrante.

Nilson dos Santos, de 40 anos, segundo a Polícia Civil, praticou o crime com a ajuda de três menores, cujas idades variam entre 15 e 17 anos.

O corpo da vítima foi encontrado carbonizado dentro de uma residência vazia na rua Camélia, naquela cidade. De acordo com a polícia, Nilson entrou junto com Paulo César na casa.

Os suspeitos disseram à polícia que mataram o homem porque ele estuprava crianças. A polícia, no entanto, ainda investiga a motivação do crime.

Comentários

comentários