Homem morre de frio na fronteira com Ponta Porã

Por volta das 6 horas da manhã desta quarta-feira (13), vizinhos acionaram o setor policial de Pedro Juan Caballero, Paraguai, para comunicar a morte de um homem que vivia sozinho num barraco em um terreno baldio na periferia da cidade.

De acordo com o médico homem estava morto a mais de 24 horas. fotos: Ronald Ledesma.
De acordo com o médico homem estava morto a mais de 24 horas.
fotos: Ronald Ledesma.

Os homens da policia Nacional chegaram ao local e ao constatar que realmente o homem estava morto, acionaram o médico Forense Dr. Marcos Prieto que após examinar o corpo atestou que foi uma morte súbita. O corpo não apresentava nenhum tipo de ferimento ou lesão, de acordo com o médico, já fazia 24 horas que o homem teria morrido e a causa foi o frio intenso da madrugada que estava em torno de 10º, e também ao fato da vítima estar embriagada contribuiu para que o óbito ocorresse.

Chegou a informação a nossa redação que o falecido trata-se Roberto Conceição dos Santos, 58 anos, conhecido pelo apelido de “Seu Madruga”, nacionalidade brasileira e trabalhava como reciclador, catava latinhas para vender.

Um sobrinho de Roberto, compareceu ao Hosptal Regional de Pedro Juan e retirou o corpo para preparar o velório e sepultamento.

Com Informações Ponta Porã Informa

Comentários

comentários