Homem é preso por espancar travesti com barra de ferro para roubá-la na Capital

Eliverton Nunes Marengo, de 27 anos, foi preso na madrugada desta sexta-feira (8), em Campo Grande, suspeito de assaltar e agredir uma travesti com barra de ferro. Ele confessou o crime e disse que agrediu a vítima porque ela deu um tapa no rosto dele e que se desfez do telefone roubado porque poderia ser rastreado.

Região onde suspeito de agredir travesti foi preso

Segundo informações do boletim de ocorrência, o caso aconteceu por volta das 2 horas. A vítima, de 36 anos, foi chamada pelo nome e ao se aproximar, o suspeito puxou a bolsa dela. Ela então segurou o objeto e o homem a agrediu e fugiu levando a bolsa.

A travesti teve ferimentos no braço esquerdo, com suspeita de fratura no antebraço e ficou com diversas marcas nas costas e seios. Há suspeita ainda de que a prótese mamária esquerda da vítima tenha estourado.

A travesti falou para os policiais as características do suspeito, ele foi encontrado nas proximidades e confessou o crime. A bolsa e a barra de ferro foram encontradas perto dele. O caso foi registrado como roubo.

Comentários