Homem é executado por engano na frente do filho na fronteira

Aldo Vera Cabrera, 31, foi executado por pistoleiros na tarde desta terça-feira (15/10) na cidade de Ponta Porã. O caso ocorreu na rua Corumbá, no bairro Cohab. A suspeita é da vítima ter sido morta por engano.

Foto Porã News

Conforme o Porã News, os suspeitos chegaram numa moto e invadiram a residência do rapaz, atirando logo em seguida.

O filho da vítima presenciou o fato. Aldo morreu antes mesmo da chegada do atendimento médico.

Ainda conforme o portal, pistoleiros teriam se enganado. Segundo os familiares, os atiradores teriam manifestado na fuga que não se tratava do homem a ser executado.  “Não é ele, erramos”, teriam dito antes de fugir tomando rumo ignorado.

O caso é investigado.

Comentários