Homem é enganado por jovem na internet e fica 7 dias no aeroporto

Tudo começou há quatro meses, em um aplicativo de relacionamentos. O promotor de vendas José Antônio Dias Parada, de 44 anos, divorciado, com um filho de 13, começou a trocar mensagens com uma jovem chamada Milena, que dizia ter 19 anos. Ele mora em Florianópolis; ela dizia ser de Palmas.

Promotor de vendas esperou namorada virtual em aeroporto por uma semana Foto Lia Mara/Jornal do Tocantins
Promotor de vendas esperou namorada virtual em aeroporto por uma semana Foto Lia Mara/Jornal do Tocantins

Fotos e juras de amor se tornaram rotina. Apaixonado, Parada decidiu viajar para Tocantins para conhecê-la e, se tudo desse certo, pedi-la em casamento.

Esperançoso, aproveitou as férias acumuladas, pegou o dinheiro que tinha, comprou uma passagem e, no dia 18, após rodar 2,4 mil quilômetros, desembarcou em Palmas. Parada havia dito que não tinha dinheiro para a passagem de volta, e Milena se comprometera a ajudá-lo.

No aeroporto, a primeira decepção: ela não o esperava. Também não foi no dia seguinte. Sem dinheiro, recebeu ajuda de funcionários do aeroporto, que arrumaram um local para ele dormir e tomar banho, além de comida, enquanto esperava Milena. O pai resistia à relação, ela dizia, mas Parada acreditava num final feliz.

No quarto dia, ele virou notícia de jornal e se tornou uma celebridade local. Nas redes sociais, foi citado como “excelente partido”, “louco” e até “idiota”. Sensibilizados, funcionários do aeroporto fizeram uma vaquinha para arrecadar dinheiro para a passagem de ônibus de volta. Mas outras decepções o esperavam.

Uma rádio localizou a garota e o pai em uma cidade perto de Palmas e na quinta-feira, 25, colocou os três no ar. “Ela negou tudo. Foi imatura, inconsequente. Brincou com os meus sentimentos”, disse Parada. Milena, na realidade, tem 15 anos.

No programa, Parada pediu desculpas ao pai dela, disse que jamais teria se envolvido se soubesse que ela era menor. À noite, embarcou para Florianópolis. Apesar da desilusão, ele sonha em encontrar alguém: “Mas, dessa vez, vou a lugares para encontrar pessoas reais”.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários

comentários