Homem é acusado de contrabandear cobras escondidas em latas de batata nos EUA

Do G1

Um homem foi preso sob acusação de contrabandear animais na terça-feira (25), em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Rodrigo Franco foi acusado pelo crime depois que funcionários da alfgândega interceptaram um pacote que continha três cobras escondidas em latas de batatas e que eram endereçadas para sua residência, na Califórnia.

Segundo a Associated Press, ele sera acusado por importação ilegal de mercadorias e pode ser condenado a até 20 anos de prisão.

As cobras, da espécia cobra-real mediam pouco mais de meio metro, e foram descobertas em março, quando oficiais de Alfândega e Proteção de Fronteiras inspecionaram um pacote enviado de Hong Kong. Três tartarugas albinas também estavam escondidas no pacote, segundo as autoridades.

Na ocasião, os agentes federais resgataram as septentes, mas entregaram as tartarugas no endereço de Franco, em Monterey Park. Posteriomente, os agentes cumpriram um mandato de busca onde Franco vivia e encontraram tanques com um filhote de crocodilo mexicano e várias espécies de tartaruga – todas protegidas pela lei norte-americana.

Franco admitiu às autoridades que já havia recebido 20 cobras reais em outras duas ocasiões, mas que todos os animais morreram durante a viagem. Também foram descobertas trocas de mensagens com contrabandistas asiáticos sobre o transporte de tartarugas e cobras.

Comentários

comentários