Homem-bomba que provocou explosão em Manchester é identificado

G1/JP

A polícia britânica informou que Salman Abedi, de 22 anos, foi o autor do atentado que deixou 22 mortos em Manchester, no Reino Unido. Ele morreu na explosão que ocorreu após o show da cantora americana Ariana Grande, na noite de segunda-feira (22). O Estado Islâmico reivindicou o atentado.

A BBC informou que o Abedi teria nascido em Manchester e seria de família de origem libanesa. Ele teria ido de Londres para Manchester de trem.

A explosão, provocada por um artefato caseiro, deixou ainda 59 feridos, que recebem atendimento em oito hospitais. Doze crianças e adolescentes de até 16 anos estão as vítimas gravemente feridas, de acordo com o serviço de emergência britânico.

Entre os mortos, foram identificadas duas estudantes britânicas: Saffie Rose Roussos, de 8 anos, e Georgina Callander, de 18 anos. Descrita por amigos como “uma superfã de Ariana Grande”, Georgina postou em sua conta no Instagram uma foto em que aparece junto com a cantora americana em 2015.

Nesta manhã, a polícia anunciou a prisão de um suspeito de envolvimento com o ataque. O atentado de Manchester é o mais grave ocorrido no Reino Unido desde julho de 2005, quando uma série de atentados causou a morte de 52 pessoas, entre eles quatro suicidas, e deixou 700 feridos no metrô e em um ônibus de Londres, segundo a France Presse.

Comentários