Hoje tem ação de prevenção ao Câncer de Boca na Praça Ary Coelho

A segunda semana do mês de novembro é instituída por Lei Municipal e Estadual como a “Semana de prevenção ao Câncer de Boca”.

11cancer

Na segunda-feira (9) foi realizada a abertura oficial da semana, e hoje (11) serão realizadas ações de prevenção ao Câncer de Boca. Uma parceria do CRO-MS (Conselho Regional de Odontologia de MS), com a Uniderp.

A atividade de prevenção será na Praça Ary Coelho, das 8h às 12h, na Capital. No local será instalado um posto de atendimento, em que a população passará por uma triagem com o objetivo de diagnosticar lesões cancerígenas. Todo o atendimento será gratuito.

Também será realizada uma blitz educativa e profissionais e acadêmicos da odontologia darão dicas de autoexame.

“É o momento para alertarmos a população sobre o perigo do Câncer de Boca. Muitas vezes falta conhecimento das pessoas sobre essa doença, que pode até matar, mas que desde que diagnosticada precocemente tem cura”, ressalta o presidente do CRO-MS, Francisco Grilo.

 

Na Campanha de Prevenção ao Câncer de Boca realizada em 2014, que foi uma parceria do CRO-MS com a prefeitura, foram examinados 1.896 pacientes, no período de 3 a 7 de novembro. Desses, 192 apresentaram algum tipo de lesão.

De 2012 a 2014 foram realizadas 449 biópsias na rede pública. Desses 57 casos foram confirmados câncer de boca.

De janeiro de 2015 até outubro de 2015 já foram confirmados 16 casos de câncer bucal.

Câncer de Boca

O câncer de boca está na lista dos mais incidentes na população de acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer). A estimativa da entidade é que somente em 2014, foram registrados 11.280 casos novos de câncer da cavidade oral em homens e 4.010 em mulheres. Tais valores correspondem a um risco estimado de 11,54 casos novos a cada 100 mil homens e 3,92 a cada 100 mil mulheres.

Conforme o INCA, em 2013 foram registradas 7.144 mortes no Brasil, sendo 5.645 homens e 1.499 mulheres.

O câncer bucal ocorre mais frequentemente em homens, principalmente com mais de 40 anos de idade. O fumo, combinado com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, são os principais fatores de risco. O câncer de boca atinge os lábios e a cavidade bucal, nas regiões da bochecha, gengiva, céu da boca, língua e assoalho da boca. Já o câncer de lábio tem como principal fator de risco a exposição solar.

Fatores de Risco

Os fatores que podem levar ao câncer de boca são idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas.

Principais Sintomas

Aparecimento de feridas na boca, não dolorosas e que não cicatrizam em uma semana. Outros sintomas são ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal. Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

Prevenção

Prevenção do câncer na boca: é possível através de hábitos saudáveis que incluem:

– Evitar o consumo excessivo de álcool;
– Evitar fazer uso excessivo de cachimbos e cigarros;
– Evitar exposição ao sol sem proteção;
– Evitar o uso de próteses desajustadas à sua boca;
– Ter uma boa higiene bucal, escovando os dentes quatro vezes ao dia, de preferência após todas as refeições;
– Ter um acompanhamento odontológico frequente;
– Manutenção de uma dieta saudável, rica em frutas e legumes;
– Realizar um autoexame da boca, procurando qualquer tipo de alteração como: feridas, inchaços ou manchas.

Comentários

comentários