Hemosul está em estado de emergência para sangue O+ e O-

Da Redação

Já parou para pensar que alguém que você ama pode em algum momento da vida, precisar de sangue? A cada segundo nas unidades de saúde do Estado, tem alguém vivendo essa situação. O seu gesto, pode fazer a diferença nesta quinta-feira (25.7), pois o Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul (Hemosul) entrou em estado de emergência para as tipagens O Negativo e O positivo.

A necessidade é imediata, conforme a gerente de Relações Públicas/Comunicação Corporativa da Instituição, Mayra Franceschi. “Os dias frios espantam os doadores e isso nos preocupa. Os estoques de O negativo estão em 7% e de O positivo, estão em 40%, considerado grave para esse clima”, explica, referindo-se as temperaturas na casa dos 10°C que devem permanecer em algumas regiões do Estado até o fim da semana.

Para doar sangue na rede Hemosul é necessário cumprir alguns requisitos básicos, como portar documento oficial com foto, estar bem alimentado, ter mais de 55 quilos, ter de 16 a 69 anos – sendo que os doadores de 16 e 17 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsável.

Homens podem doar até quatro vezes ao ano, com um intervalo mínimo de dois meses e as mulheres podem doar até três vezes ao ano, com um intervalo mínimo de três meses.

Informações sobre as unidades de coleta de Mato Grosso do Sul e horários de atendimento estão disponíveis no site www.hemosul.ms.gov.br.

Comentários