Hemosul convoca para maior doação de sangue O negativo

Lúcio Borges

O Hemosul de Campo Grande precisa com urgência de doações do sangue tipo O negativo. De acordo com a direção do centro, há vários pacientes internados em estado crítico que precisam do sangue, que está praticamente zerado nos estoques do Hemosul. Ainda segundo o centro, essa tipagem de sangue é estratégica porque é geralmente usada em pacientes graves, em maioria vítimas de acidente de trânsito, que precisam do sangue de forma urgente, antes mesmo que teste de tipagem sanguínea possa ser feito.

Para doar sangue é preciso ir até um dos pontos de coleta disponíveis munido de um documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista, ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar no mínimo 55 quilos, e estar bem alimentado.

Os doadores de sangue em geral, mas em especial os de  “O” Negativo podem comparecer, na Capital, ao Hemosul na Avenida Fernando Correa da Costa, 1304, Centro, de segunda à sexta das 7h às 17h, e sábado das 7h às 12h. Também na Unidade Santa Casa, na Rua Eduardo Santos Pereira, 88, São Francisco, de segunda à quinta das 7h às 11h e 13h às 16h, e na sexta das 7h às 11h e 13h às 15h, e no Hospital Regional, na rua Engenheiro Lutherio Lopes, 36, Aero Rancho, de segunda à Sexta das 7h às 12h.

No interior os pontos de coleta estão em Dourados, na rua Waldomiro de Souza, 295, Vila Industrial; em Ponta Porã, na rua Sete de Setembro, s/n, Santa Isabel; em Três Lagoas, Rua Manoel Rodrigues Artez, 520, Colinos, e em Paranaíba, na rua Selma Martins de Oliveira, 335, Ipê Branco I.

Comentários