Helicóptero cai em área de mata no litoral de São Paulo e deixa dois mortos

Um helicóptero caiu em uma região de mata localizada entre as cidades de Santos e Cubatão (SP) no começo da tarde desta segunda-feira (2).

Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)
Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos duas pessoas morreram no acidente. Os corpos das vítimas ficaram carbonizados, mas foram identificados por causa do prefixo da aeronave.

De acordo com informações apuradas pelo G1 com a FAB (Força Aérea Brasileira), o helicóptero decolou às 11h20 do Campo de Marte, em São Paulo. O voo era particular, não de instrução, e a família de uma das vítimas já foi comunicada do acidente. Os nomes dos ocupantes da aeronave ainda não foram divulgados porque familiares da outra vítima ainda não foram localizados.

Segundo informações de testemunhas e dos bombeiros, o helicóptero voava baixo e, antes de cair, atingiu a rede elétrica do local. Os bombeiros acreditam que o piloto não tenha visto a fiação elétrica por causa do sol.

A aeronave acabou explodindo assim que tocou o solo.

A aeronave caiu em uma região de mata do bairro Mantiqueira, em Cubatão. O acidente aconteceu por volta das 12h, próximo ao km 260 da rodovia Cônego Domênico Rangoni.

Segundo informações dos bombeiros, o helicóptero é de modelo ‘Robinson 22’ e saiu da Escola de Aviação do Campo de Marte, em São Paulo. Duas pessoas sobrevoavam a serra do mar e estava retornando para São Paulo no momento do acidente.

Investigação

De acordo com o Coronel Rogério Silva Pedro, que atendeu a ocorrência, o tempo estava claro e não havia neblina. As condições de voo estavam favoráveis no momento do acidente. “Duas pessoas estavam a bordo. Ela tocou a fiação de alta tensão e caiu. A Aeronáutica vai investigar o que aconteceu. Não sabemos, oficialmente, se houve alguma pane. Verificamos se existia alguém com vida mas encontramos apenas dois corpos”, relatou ao G1.

Equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, e da Defesa Civil de Cubatão foram até o local para prestar atendimento a ocorrência. (G1)

Comentários

comentários