Hamilton sugere mudar o sentido das corridas em Sochi

Gazeta Esportiva.com

Hamilton é o líder da disputa, 50 pontos à frente de Vettel (Foto: ANDREJ ISAKOVIC / AFP)

Depois de levar a melhor em um pódio polêmico, no último domingo, Lewis Hamilton deu uma sugestão não tão convencional para tornar o circuito do Grande Prêmio da Rússia mais favorável: inverter o sentido.

O britânico, que agora se isolou na liderança da Fórmula 1 com 50 pontos a mais que Sebastian Vettel, acredita que mudar o sentido da corrida a deixaria mais competitiva. Isso porque, segundo ele, a parte mais lenta da volta estaria no início, enquanto o final contaria com as longas retas, que dão maior velocidade aos competidores.

”Aqui é muito bonito. Em uma volta, quando você está sozinho, é legal, mas não é nada bom para disputar corridas”, destacou o piloto da Mercedes. “Você tem uma reta muito longa e, pelas características do circuito, os dois primeiros setores são muito rápidos. No último setor, os pneus estão tão quentes que é impossível seguir outro carro, então você sequer consegue chegar perto”, justificou.

“Se fosse ao contrário, teríamos o setor mais lento primeiro e, depois, os mais rápidos”, destacou a possibilidade. “Não sei se faria diferença, mas, do contrário, teriam que mudar a pista para melhorar as corridas”.

A mudança, entretanto, não é tão simples. Isso porque todas as sinalizações precisariam ser trocadas, o que inclui áreas de escape, zonas de fiscais de provas e barreiras de proteção. Além disso, seria necessário que a FIA Federação Internacional de Automobilismo) homologasse novamente o circuito.

Comentários