Hamilton fatura o GP de Singapura e começa a sonhar com penta

GE

Foto: Lars Baron/Getty Images

A Ferrari chegou em Singapura com status de favorita, mas viu Lewis Hamilton contrariar as expectativas e dominar a 15ª etapa da temporada 2018. Além da pole “mágica” deste sábado, o britânico da Mercedes fez uma prova irretocável para não ser incomodado e vencer a corrida deste domingo, chegando ao sétimo triunfo no ano, o 69º da carreira. Max Verstappen e Sebastian Vettel completaram o pódio em segundo e terceiro, respectivamente.

Para não dizer que a corrida foi 100% tranquila para o piloto da Mercedes, Hamilton levou um pequeno susto ao se aproximar dos retardatários Romain Grosjean e Sergey Sirotkin. O piloto da Haas, em disputa com o russo da Williams, acabou atrasando o britânico e permitindo a chegada de Max Verstappen. Mas o holandês não tentou o ataque e Hamilton seguiu na liderança, eventualmente ultrapassando o tráfego. Por ter atrapalhado o tetracampeão e ignorado bandeiras azuis, Grosjean foi punido pela direção de prova com + 5 segundos.

Talvez esperando um safety car ou a chuva, mais uma vez a Ferrari vacilou na estratégia e mandou Vettel para os boxes cedo demais por pneus ultramacios, fazendo com que o piloto precisasse andar em um ritmo fraco para não ser obrigado a fazer uma segunda parada. Para piorar, o alemão sequer pôde explorar o máximo dos compostos para atacar os rivais de RBR e Mercedes, já que ficou preso atrás de Sergio Pérez ao voltar dos boxes, perdendo tempo precioso.

Comentários