Guarda municipal é preso por espancar ex-mulher e atirar contra a casa dela

Um guarda municipal de 47 anos foi preso em flagrante neta sexta-feira (14) por agredir e ameaçar a ex-mulher, além de atirar na casa dela. O crime aconteceu em Campo Grande.

O casal está separado e o guarda foi até a casa da ex-mulher, segundo a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Peritos foram até o local e constataram pelo menos dois tiros no imóvel. Policiais militares que atenderam a ocorrência relataram que testemunhas ouviram outros tiros na rua, em frente à casa.

Ao avistar a viatura, o Guarda Municipal tentou fugir em um veículo. Após 20 minutos de fuga, o homem entrou em uma casa, provavelmente de parentes, mas na sequência resolver se entregar.

O homem foi preso em flagrante pela PM e levado para a Deam, onde não quis prestar depoimento.

Ele foi indiciado por lesão corporal, ameaça e disparo de arma de fogo e permanece preso aguardando audiência de custódia.

O nome do servidor não foi divulgado pela polícia. A mulher sofreu ferimentos no nariz e na boca.

Comentários