Grito Contra a Homofobia acontece amanhã na capital

Manifesto acontece amanhã a partir das 8 horas da manhã. (Foto: Divulgação)
Manifesto está marcado para amanhã, a partir das 8 horas da manhã. (Foto: Divulgação)

Acontece a amanhã(17), a partir das 8 horas, na praça Ary Coelho o manifesto Grito Conta Homofobia”. O dia é considerado o dia internacional de combate à homofobia, pois justamente nessa data, em 1990, na ONU/Organização Mundial da Saúde foi retirado o “homossexualismo” do rol de patologias da Codificação Internacional de Doenças – CID. O objetivo do manifesto é lutar contra todos os tipos de discriminações, tais como HOMOFOBIA, a LESBOFOBIA e a TRANSFOBIA.

De acordo com informações da Rede Apolo, que defende os Direitos Humanos LGBT, em Mato Grosso do Sul, apesar da Lei nº 3.157/2005, muitos crimes e violências são frequentemente praticados contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Ainda segundo a Rede, de janeiro até agora aconteceram 10 crimes graves contra LGBT, de homicídios e tentativas de homicídio. Sem falar de crimes como lesão corporal, ameaças, extorsão, injúrias homofóbicas e discriminação institucionalizada, como foi a prisão arbitrária de 2 travestis que se defenderam contra 18 moto-taxistas.

No início de fevereiro, nos foi denunciado por uma Conselheira Tutelar, que uma família no Bairro Aero Rancho mantinha em cárcere privado uma adolescente transexual de 16 anos que, há 10 anos era proibida de sair de casa, de estudar e se encontrava com evidências de desnutrição.

Comentários

comentários