Gripe mata mais cinco em uma semana no MS e número chega a 58 no ano

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirmou nesta quarta-feira (14/8) mais cinco pessoas mortas em decorrência da gripe no Mato Grosso do Sul, em relação aos dados do boletim epidemiológico divulgados na semana passada. Agora, são 58 os óbitos ao longo de 2019.

Os novos casos ocorreram em Aquidauana, Naviraí e Paraíso das Águas, além de outros dois em Campo Grande.

Conforme o boletim da SES, de janeiro até hoje (14), são 1.268 notificações, contra 1.028 ocorridas no ano passado.

Já os casos confirmados somam 282. Na semana passada eram 271.

O vírus do tipo H1N1 é o mais fatal em Mato Grosso do Sul, são 52 mortes. Logo atrás aparece H3N2 com três casos e Influenza A não subtipado, com mais três.

Mortes

Das 58 mortes, quase metade ocorreram em Campo Grande. A Capital tem 21 óbitos, seguido por Três Lagoas com seis, Corumbá e Aquidauana, quatro cada e Ponta Porã, três.

Rio Verde do Mato Grosso, Dourados, Naviraí, Sidrolândia e Nioaque apontam duas pessoas mortas em decorrência da doença.

Já Paraíso das Águas, Fátima do Sul, Deodápolis, Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste, Bela Vista, Água Clara, Mundo Novo, Porto Murtinho e Inocência, têm um caso cada.

Dourados

Além de dois óbitos apontados até o momento em Dourados, a cidade contabiliza ainda 12 casos confirmados de gripe.

São oito pessoas que contraíram H1N1, um de H3N2 e quatro de Influenza não subtipado.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui