Grêmio tem pedido de perda de pontos do River Plate negado, diz imprensa argentina

Lancepress

Liamara Polli / PhotoPremium

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ainda não se pronunciou de maneira oficial acerca da reunião com representantes do Grêmio sobre o “Caso Gallardo”. Contudo, a imprensa da Argentina já crava que o time gaúcho não terá sucesso em pedir com que o River tenha sua vitória por 2 a 1 anulada.

Segundo veículos como o Clarín além do portal da emissora TyC Sports, a Conmebol não entendeu como grave o suficiente as infrações cometidas por Gallardo na Arena Grêmio para causar perda de pontos ao Millonario.

Ao invés disso, a pena que será provavelmente anunciada por volta das 19 h dessa sexta-feira (2) deve vir em formato de suspensão de “Muñeco” em torneios continentais com uma pena dura de seis a nove meses cabendo apelação do clube argentino.

Mesmo suspenso pela entidade sul-americana e não podendo ter contato com a comissão técnica durante a partida, além de usar um suposto rádio comunicador para falar com pessoas no banco do River Plate, Gallardo ainda desceu aos vestiários no intervalo do segundo jogo da semifinal da Copa Libertadores.

Com isso, a decisão do torneio continental seguiria protagonizada pelo Superclássico entre Boca Juniors e River Plate com o primeiro embate no dia 10 de novembro em La Bombonera e o embate final no dia 24 do mesmo mês no Monumental de Núñez.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui