Grêmio sai em vantagem sobre o Cruzeiro na semifinal da Copa do Brasil

Globo Esporte/JN

Superior no primeiro tempo, Tricolor faz 1 a 0 – placar que lhe interessava – e joga por um empate na próxima quarta-feira, no Mineirão

Nos primeiros minutos da segunda semifinal seguida entre os maiores vencedores da Copa do Brasil, o Grêmio largou em vantagem. Com um gol de Barrios aos 45 minutos do primeiro tempo, o Tricolor venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, em uma Arena com mais de 45 mil torcedores. Gaúchos e mineiros fizeram um duelo de muita entrega, que justificou o descanso dos titulares de parte a parte na rodada do fim de semana, pelo Brasileirão.

Jogadores do Grêmio comemoram gol (Foto: Globo Esporte)

PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros minutos foram do Grêmio, que manteve a posse de bola na intermediária do Cruzeiro, mas enfrentava dificuldades para infiltrar na área. Aos seis, Geromel veio de trás e pegou de primeira uma rebatida da defesa. Mandou muito alto. Aos 12, Fábio salvou em cabeçada com muito perigo de Barrios após cruzamento de Luan da esquerda.

O Cruzeiro foi finalizar pela primeira vez somente aos 27, em chute de longe de Lucas Silva que Marcelo Grohe encaixou no meio. Aos 35, Pedro Rocha recebeu de Edílson, deu um belo drible sobre o marcador e chutou em curva, de canhota. Fábio voou para espalmar no canto direito. E o Grêmio tanto martelou que foi premiado aos 45. Michel alcançou Pedro Rocha pelo lado esquerdo, ele passou para o meio a Luan, que bateu de primeira. Fábio defendeu parcialmente, mas Barrios apareceu livre para tocar ao gol aberto. Gol de centroavante.

SEGUNDO TEMPO

Os mineiros voltaram para o segundo tempo dispostos a empatar. Logo aos dois minutos, Diogo Barbosa puxou da esquerda para o meio e bateu de direita mesmo. Marcelo Grohe se atirou no canto direito e botou para escanteio. Em seguida, Romero sentiu um problema e foi substituído por Ezequiel.

Aos 15, confusão. Barrios escorou de cabeça para Luan na entrada da área, e ele foi derrubado por Ezequiel. No primeiro momento, o árbitro Marcelo Aparecido de Souza apontou pênalti, mas o assistente lhe avisou que a falta havia sido antes da linha. Os gremistas cercaram o juiz por três minutos, tentando que a penalidade fosse confirmada. O que não aconteceu. Na sequência do lance, Luan acertou a barreira cruzeirense.

Os minutos finais prosseguiram como toda a etapa final: o Cruzeiro em busca do valioso gol de empate, e os donos da casa mais recuados para sair no contra-ataque e matar o jogo. Aos 47, Grohe saiu no abafa para evitar o empate em jogada individual de Raniel pela direita.

ARTILHEIRO

Com o gol sobre o Cruzeiro, Barrios chega à artilharia da Copa do Brasil, com cinco gols, ao lado de Rafael Sobis. Pelo Grêmio, são 17 gols em 30 jogos.

PRIMEIRA DERROTA FORA

A derrota para o Grêmio, nesta quarta, foi a primeira do Cruzeiro jogando fora de casa, nesta edição da Copa do Brasil. Antes disso, o time venceu o Volta Redonda (2 a 1), o Murici-AL (2 a 0), o São Paulo (2 a 0), além de ter empatado com a Chapecoense (0 a 0) e com o Palmeiras (3 a 3).

Comentários