Grêmio rejeita R$ 51 milhões por Luan, mas não descarta venda

O Grêmio rejeitou uma oferta de 15 milhões de euros (R$ 51,1 milhões) pelo atacante Luan. A oferta veio do mercado europeu e não contemplou o valor estipulado pelo clube gaúcho para negociar o atleta. De qualquer forma, não está descartada venda futura.

Luan recebeu proposta para atuar em clube europeu na próxima temporada (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA/Via UOL)

A oferta foi apresentada oficialmente à direção do Grêmio há aproximadamente um mês. Definida como ‘sondagem com valores’, trazia um plano de levar Luan para Europa pagando R$ 51,1 milhões. O Tricolor tem 70% dos direitos do atleta e ficaria com R$ 35,7 milhões.

Porém, o valor não contempla o preço estipulado numa eventual negociação. O Grêmio calcula algo perto de R$ 130 milhões como valor absoluto para venda do jogador. Neste caso ficaria com R$ 91 milhões.

Mas valores pouco abaixo destes serão igualmente analisados. Com orçamento prevendo R$ 61 milhões em venda de jogadores, é possível a negociação por menor quantia com a manutenção de percentual em venda futura. 

“Vamos avaliar qualquer proposta que chegar. Levando em conta também a reposição necessária. Queremos manter um elenco muito forte”, disse o vice de futebol Odorico Roman ao UOL Esporte. 

Além de Luan, Walace está no radar de clubes europeus. Foram cinco sondagens ao empresário do jogador, mas sem qualquer proposta oficial apresentada ao clube. “Não temos nenhuma proposta para ser analisada neste momento”, completou Roman

O Grêmio já anunciou a contratação do volante Michel e não prevê novas confirmações neste ano. A negociação para chegada do atacante Kayke está bem encaminhada mas deverá ser concluída apenas no ano que vem.

Comentários