Grêmio marca no início, sofre no fim e derrota o Avaí na Ressacada

Pedro Rocha e Luan marcaram antes dos dez minutos para o Tricolor, que se acomodou com a vantagem e viu o Leão diminuir. Resultado faz o clube gaúcho dormir no G4

O Grêmio obteve enfim a sua primeira vitória fora de casa no Brasileiro de 2015 ao vencer o Avaí por 2 a 1, neste sábado, num jogo muito disputado, e que deixou evidente a diferença de qualidade entre as duas equipes, principalmente nos momentos decisivos.

Sim, o Avaí foi ali, em Florianópolis, onde o Grêmio encontrou tudo que sonhava logo nos 10 primeiros minutos, quando fez 2 a 0, sem problema algum. Com 37 segundos, Pedro Rocha provocou arrepio em Nino Paraíba, que perdeu a bola para o atacante. Este, que tem nome de craque, tocou na saída de Vágner e abriu o placar. Aos nove minutos, Luan cobrou falta no ângulo direito: 2 a 0. Aos 28, convencido que o esquema não dera certo, Gílson Kleina trocou o 3-5-2 pelo 4-4-2.

Gremistas comemoraram com a torcida presente na Ressacada (Foto: FuturaPress)
Gremistas comemoraram com a torcida presente na Ressacada (Foto: FuturaPress)

Apesar da pressão, e do resultado apertado, os visitantes continuaram limitados aos contra-ataques, tentando reforçá-lo com Yuri Mamute e Braian Rodriguez, enquanto do outro lado Dener e Adriano, que não viam a cor da bola, eram substituídos por Juninho e Rômulo.Mas a estratégia só começou a mostrar efeito na etapa final, quando o Avaí, sem opção, empurrou o time gaúcho para trás, diminuindo aos 11, em pênalti – de Lucas Ramon em Eltinho – que Anderson Lopes foi obrigado a bater duas vezes. Na primeira, acertou a trave esquerda, mas houve invasão de área por gremistas. Na segunda, pôs no cantinho direito: 2 a 1.

Sim, quando eu te vejo, desejo o teu desejo, sugeria o Avaí, embora seus jogadores não soubessem como superar a barreira armada pelo adversário, que com seu coração de eterno flerte soube gastar o tempo prendendo a bola, segurando enfim o placar que o deixou dormindo provisoriamente no G-4.

Na próxima rodada, o Grêmio, que chegou ao provisório terceiro lugar, com 17 pontos, volta a Porto Alegre. Em sua Arena, na próxima quarta-feira, às 22h, recebe o Cruzeiro. No mesmo dia, às 19h30, o Avaí, que segue na 10ª posição, com 12 pontos, visita o Vasco, em São Januário.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 2 GRÊMIO

Local/Data: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC) – 27/06/2015, 16h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR/Fifa) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Renda/Público: R$ 305.930,00 / 11.221 torcedores presentes

Cartões amarelos: Anderson Lopes (AVA); Tiago, Lucas Ramon e Yuri Mamute (GRE)
Cartões vermelhos: Não houve.

GOLS: Pedro Rocha 0-1 (1’/1ºT), Luan 0-2 (10’/1ºT) e Anderson Lopes 1-2 (11’/2ºT)

AVAÍ: Wagner; Jéci (Pablo, 21’/1ºT), Emerson e Antônio Carlos; Nino Paraíba, Renan, Adriano (Romulo, 30’/2ºT), Denner (Juninho, 19’/2ºT) e Eltinho; André Lima e Anderson Lopes. – TÉCNICO:Gilson Kleina.

GRÊMIO: Tiago; Lucas Ramon, Pedro Geromel, Rhodolfo e Marcelo Hermes; Walace, Maicon (Felipe Bastos, 37’/1ºT), Giuliano, Douglas (Braian Rodríguez, 31/2ºT) e Pedro Rocha (Yuri Mamute, 11’/2ºT); Luan. – TÉCNICO: Roger Machado.

LANCEPRESS!

Comentários

comentários