Gravidez ajuda mulher a roubar posto de combustível em bairro da Capital

Lúcio Borges

O crime está usando todos os artifícios, onde até mesmo a chamada “solidariedade” do ou pelo estado de uma mulher gravida, vem sendo usada e tendo resultado. Ontem, ajudou uma mulher e outro comparsa, a roubarem um posto de combustível no Bairro Monte Castelo, região norte de Campo Grande. A criminosa chegou e com sua barriga pediu ajuda, mas armada com uma faca, a mulher grávida pouco tempo depois, rendeu funcionário e assaltou o comércio. A vítima tentou reagir ao crime, que aconteceu na noite desta sexta-feira (14), mas foi ameaçada e acabou entregando o dinheiro do caixa.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência, que de acordo com relato, aconteceu as 23 horas quando a mulher entrou no posto, que fica na Rua Canaã. Ela se aproximou de um dos funcionários e depois sacou a arma branca (faca), escondida na barriga. O funcionário de 48 anos, contou à polícia que como a mulher com a mão na barriga, foi entrando e não falou nada, ele não reagiu, acreditando que ela fosse pedir alguma informação, algo.

O B.O ainda descreve que, quando o homem percebeu que a ação se tratava de um assalto, ele tentou segurar a autora, que segundo ele estava grávida, mas logo foi avisado por ela que o comparsa a aguardava do lado de fora e estava armado. Temendo uma reação do segundo envolvido, o homem entregou todo o dinheiro que estava no caixa.

A mulher e o comparsa fugiram em seguida, em uma motocicleta preta. O valor levado pelos bandidos não foi divulgado. Conforme o boletim, a suspeito tem cabelos cumpridos e claros e aparentava ser usuária de drogas. O Caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) centro.

Comentários