Grávida presa por tráfico de drogas foge da superintendência da PF

Uma jovem de 20 anos, presa com 30 kg de maconha no Aeroporto Internacional de Campo Grande, fugiu da Superintendência da Polícia Federal da capital de Mato Grosso do Sul na terça-feira (13), horas após o flagrante. A assessoria de comunicação da PF informou, nesta quarta-feira (14), que o órgão abriu sindicância parar apurar como a mulher conseguiu fugir.

Maconha estava na bagagem de passageira que iria embarcar (Foto: PF/ Divulgação)

A PF ainda disse que a fuga foi percebida por volta das 21h (de MS) da terça-feira e afirmou também que a jovem está grávida, por isso, foi mantida em um local separado da área destinada aos presos, enquanto aguardava transferência para o presídio estadual. Ela foi não recapturada até a publicação deste reportagem. Policiais fazem buscas pela mulher.

Prisão

Segundo informações da PF, ela foi flagrada na madrugada de terça-feira (13) enquanto tentava embarcar com 30 kg de maconha na mala. A droga seria levada para Belém (PA). Os policiais da Delegacia de Imigração identificaram a proprietária e deram voz de prisão à ela. Tanto a mulher quanto a droga foram levadas até a sede da Superintendência Regional da capital.

De acordo com a PF, a mulher é residente no município de Santarém (PA) e a mala estava destinada a Belém. A polícia também informou que havia outra mala com maconha escondida em uma casa do Bairro Santa Luzia de Campo Grande.

Os policiais foram até o local e também apreenderam uma bagagem que continha 36,809 kg da droga em tabletes.

Comentários