Grávida, contadora brasileira é executada na fronteira com nove tiros

A contadora brasileira Elisandra Aranda Maldonado, 38, foi executada com nove tiros de pistola calibre 9 milímetros na manhã deste sábado (13) por volta das 9h05 em Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã (MS).

Carro onde a vítima estava. – Crédito: Porã News

Segundo o Porã News, a vítima saía da feira livre localizada na avenida Tenente Herrero, esquina com a rua Perpetuo Socorro, no centro da cidade paraguaia a bordo de um veiculo Sung Yong Corando, cor preta, com placas IBT 086 Paraguai.

De acordo com o site, após realizar compras no local, a vítima foi abordada por um casal a bordo de uma motocicleta e baleada com nove disparos.  A brasileira morreu na hora.

Elisandra era proprietária de uma empresa de contabilidade na cidade paraguaia. Segundo investigadores da Divisão de Homicídio, a vítima estaria grávida.

Carro onde a vítima estava. – Crédito: Porã News

Agentes da Policia Técnica apoiados pelos investigadores de Homicídios e pelo promotor Gabriel Segovia realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam o corpo ao IML da cidade a espera dos familiares.

Ainda segundo o Porã News, o caso pode ter relação com um ajuste de contas do crime organizado na região de fronteira.

Comentários