GP da Itália de F1: Charles Leclerc vence e leva à loucura os ‘Tifosi’ na casa da Ferrari

Da Redação

Foto: Miguel MEDINA / AFP / F1Mania

Charles Leclerc garantiu a vitória no Grande Prêmio da Itália deste domingo, levando à loucura os ‘Tifosi’ em Monza com a segunda vitória da Ferrari na temporada.

Leclerc largou da pole e foi atacado durante toda a corrida por Lewis Hamilton, antes do britânico ter seus pneus médios completamente destruídos, perdendo a posição para seu companheiro de Mercedes Valtteri Bottas, depois de um erro do pentacampeão na primeira chicane.

Bottas tentou a aproximação nas cinco voltas finais, mas não conseguiu ameaçar de fato a liderança de Leclerc, recebendo a quadriculada na segunda posição. Hamilton ainda foi para os boxes e trocou para pneus macios, garantindo o ponto extra pela volta rápida e a terceira posição no pódio italiano.

Sebastian Vettel errou enquanto ocupava a quarta posição e voltou de forma insegura para a pista, diminuindo o espaço de Lance Stroll que teve a asa traseira de sua RP19 danificada pelo toque do alemão. Vettel recebeu uma punição de 10 segundos e terminou a corrida na 13ª posição, uma volta atrás dos líderes.

Daniel Ricciardo terminou em quarto lugar, depois de uma corrida impressionante no que foi o melhor final de semana da Renault na temporada até agora. O australiano terminou quase quinze segundos à frente de seu companheiro de equipe Nico Hulkenberg, que cruzou a linha de chegada na quinta posição.

Depois de um começo complicado na corrida, Alexander Albon terminou pouco mais de um segundo atrás da RS19 de Hulkenberg na P6. Albon duelou com Carlos Sainz nos estágios inicias da corrida, com a dupla batendo roda na Curva Grande.

O piloto da Red Bull ainda recebeu uma penalidade de cinco segundos por sair da pista, obtendo vantagem ao ultrapassar a Haas de Kevin Magnussen. Ele escalou o pelotão após pagar a penalidade durante sua parada nos boxes com ultrapassagens impressionantes.

Sergio Perez terminou na sétima posição, à frente de Max Verstappen, mostrando um ritmo impressionante da Racing Point nas retas.

Verstappen completou a corrida na oitava posição, apenas 0,6s atrás de Perez. O holandês teve uma corrida movimentada, depois de um incidente na primeira curva após a largada, significando que a Red Bull teve que trocar a asa dianteira devido aos danos. Depois, ele foi brilhante, escalando quase metade do grid para terminar na P8.

Antonio Giovinazzi conseguiu seu melhor resultado na Fórmula 1 diante de sua torcida. O italiano foi seguido de perto por Lando Norris, da McLaren, que completou a zona de pontuação.

A Fórmula 1 retorna daqui 15 dias com o Grande Prêmio de Cingapura, 15ª etapa da temporada.

Confira o resultado final da corrida do Grande Prêmio da Itália:

1) Charles Leclerc (Ferrari)
2) Valtteri Bottas (Mercedes)
3) Lewis Hamilton (Mercedes)
4) Daniel Ricciardo (Renault)
5) Nico Hülkenberg (Renault)
6) Alexander Albon (Red Bull/Honda)
7) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
8) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
9) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
10) Lando Norris (McLaren/Renault)
11) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda)
12) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
13) Sebastian Vettel (Ferrari)
14) George Russell (Williams/Mercedes)
15) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
16) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
17) Robert Kubica (Williams/Mercedes)
OUT) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
OUT) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
OUT) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)

Comentários