GP da Alemanha: Verstappen vence na chuva em corrida cheia de confusões e Hamilton é só 11º

Globoesporte.com/JP

Getty Images

Na corrida mais tumultuada e acidentada da temporada 2019 da Fórmula 1, Max Verstappen aproveitou o tempo instável, com chuva no começo e pista seca no fim em Hockenheim, e conquistou sua segunda vitória este ano. No caos em que se transformou o GP da Alemanha, com dezenas de pit stops e quatro entradas do safety car, o holandês fez suas trocas de pneus no momento certo para assumir a liderança.

Em grande atuação largando de último, Sebastian Vettel terminou em segundo lugar após arrancar nas últimas voltas e superar diversos adversários. Parando durante entrada do safety car para colocar pneus slicks, Daniil Kvyat, que se tornou pai pela primeira vez no sábado à noite, completou o pódio em terceiro, à frente de Lance Stroll, que também adotou essa estratégia.

A corrida parecia encaminhada para mais uma vitória de Lewis Hamilton, que, no entanto, jogou a liderança fora após danificar a asa dianteira numa batida. Além disso, o inglês pagou uma punição por cortar a entrada dos boxes, rodou depois, chegou a cair para 15º e ainda assim terminou em 11º, a um posto da zona de pontuação. Como Valtteri Bottas também bateu – e abandonou -, o inglês segue com boa vantagem na liderança do campeonato.

Além de Bottas e Hamilton, outros pilotos que estavam nos primeiros lugares também sofreram acidentes na pista molhada, como Charles Leclerc, Nico Hulkenberg e Sergio Pérez. Com isso, a zona de pontuação teve, da quinta à décima posições, Carlos Sainz (McLaren), Alexander Albon (STR), Kimi Raikkonen (Alfa Romeo), Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Romain Grosjean (Haas) e Kevin Magnussen (Haas).

A próxima etapa da temporada, a última antes da pausa para as férias do verão europeu, será disputada no próximo domingo, na Hungria.

Comentários