Governo lança programa “MS Mais Seguro” e garante mais de R$ 96 milhões para estrutura de polícias

O Governo do Estado lançou nesta terça-feira (14) o programa de investimentos “MS Mais Seguro”, que garante o emprego de R$ 96,4 milhões para a estruturação do Corpo de Bombeiros e das polícias Civil e Militar. O programa  prevê reforma de prédios e compra de viaturas, equipamentos e armamentos até 2018. Lançado pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, o “MS Mais Seguro” é um dos maiores projetos de investimentos em segurança da história do Estado e atende uma das principais necessidades da população sul-mato-grossense.

Para a Polícia Militar foram entregues 234 armas hoje.
Para a Polícia Militar foram entregues 234 armas hoje.

A solenidade de lançamento foi realizada no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Dos recursos garantidos pelo programa, R$ 78,8 milhões são próprios do Governo do Estado. Outros R$ 15,9 milhões são do Governo Federal – provenientes do Ministério da Justiça e Cidadania para a substituição e modernização do sistema de rádio e comunicação das polícias Civil e Militar. O restante é de emendas parlamentares estaduais (R$ 1,6 milhão) e emendas parlamentares federais (R$ 30 mil).

Na cerimônia de lançamento, Reinaldo destacou a estruturação das forças estaduais de segurança. Para ele, com os investimentos do Governo do Estado, “Mato Grosso do Sul será um dos estados brasileiros mais bem estruturados”. Nesse sentido, o secretário José Carlos Barbosa falou sobre a boa gestão do governo, que ganha evidência no cenário nacional  “devido à situação de crise enfrentada pelos demais estados da Federação”.

Também participaram do evento os secretários de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, e da Casa Civil, Sérgio de Paula. Representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Tribunal de Justiça do Estado (TJMS), Ministério Público Estadual (MPMS) e Assembleia Legislativa, entre outras instituições, também estiveram no lançamento.

Os primeiros repasses do “MS Mais Seguro” foram feitos nesta terça-feira, durante o lançamento do programa. O governador Reinaldo e o secretário José Carlos Barbosa entregaram 74 novas viaturas, 60 para a Polícia Militar e 14 para o Corpo de Bombeiros. 230 novas armas também foram entregues aos policiais militares.

Das viaturas recebidas pela Polícia Militar, 54 são motocicletas, sendo 19 de 250 cilindradas e 35 de 660 cilindradas; quatro vans; e dois caminhões guinchos, que irão beneficiar diversos municípios do Estado. Os veículos foram adquiridos com recursos das multas de trânsito aplicadas pelos municípios conveniados.

Entre as 230 novas armas recebidas pela Polícia Militar estão fuzis e espingardas de grosso calibre. São quatro fuzis calibre 7.62; 80 metralhadoras automáticas de calibre .40; 166 espingardas calibre 12; e 60 carabinas semiautomáticas calibre 5.56, que serão enviadas para os grupos especiais da PM e também para alguns municípios de Mato Grosso do Sul, especialmente aqueles localizados na fronteira.

Já o Corpo de Bombeiros recebeu 14 viaturas, sendo oito Unidades de Resgate, seis delas para Campo Grande e outras duas para municípios do interior; e mais seis viaturas Auto Bomba Rápidos (ABR), sendo 4 deles para Campo Grande e outros dois para os municípios do interior.

Mais ações

Até dezembro de 2018, o programa “MS Mais Seguro” realizará a reforma e modernização de delegacias, pelotões, presídios e Unidades Educacionais de Internação (UNEI’s) de Mato Grosso do Sul. Os investimentos serão para a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Coordenadoria-Geral de Perícias (CGP), Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS) e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

Comentários

comentários