Governo formaliza programa de políticas especiais para indígenas no MS

Buscando o fortalecimento da governança e da cultura indígena, no último dia 27, durante a Semana Estadual dos Povos Indígenas, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, e a vice Rose Modesto, assinaram o termo de cooperação para políticas públicas especiais voltadas a oito etnias indígenas no MS.

A subsecretária de Políticas Públicas para a população Indígena, Silvana Albuquerque, da etnia Terena, mais conhecida como Silvana Terena, conta que o pedido já havia sido feito por meio da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e que agora com a formalização do Programa de Sustentabilidade dos Povos Indígenas, ela e seus companheiros estão “com certeza, bem esperançosos”, afirma. A população indígena no Estado soma cerca de 75 mil pessoas.

Silvana ressalta que todas as ações devem pautar primeiro o que os indígenas buscam, sem modelos pré estabelecidos, por conta de sua cultura, “Se você não entende a cultura do nosso povo fica muito difícil avançar em programas e ações dentro das nossas comunidades, através da cultura se encaminha tudo”, explica a subsecretária.

A primeira ação será o lançamento dos Jogos Estaduais Indígenas que deve ocorrer no mês de agosto deste ano, em Dourados.

Outras ações também já estão previstas como levar internet as aldeias, programas de rádio produzidos dentro das comunidades pelos indígenas, e linhas de microcrédito e qualificação profissional que atendam suas peculiaridades. Além disso serão criados fóruns estaduais voltados especificamente para o público indígena com temas como a agricultura familiar, políticas públicas para as mulheres e segurança pública nas aldeias.

Luana Campos e Paulo Francis

Comentários

comentários