Governo economiza mais de R$ 4 milhões na compra de kits escolares

Para Reinaldo, entrega de material escolar em dia dá condições e valoriza empenho dos estudantes. (Foto: Chico Ribeiro)

Com gestão e planejamento orçamentário, o Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização (Sad), fez a lição de casa por mais um ano seguido e conseguiu economizar R$ 4,2 milhões na compra dos kits escolares. A medida faz parte dos compromissos de campanha do governador Reinaldo Azambuja, de cortar gastos com a máquina pública para investir mais nas pessoas e entregar todos os uniformes e kits escolares no 1º dia de aula.

“Precisamos de avanços importantes na educação, novas tecnologias, por exemplo. Mas antes de mais nada temos que cuidar das condições do ensino. Por isso, na nossa gestão, os alunos têm recebido o kit escolar, uniformes e merenda, no início do ano letivo. O governante muda, mas as ações de governo ficam. Nós já compramos kits e uniformes para 2017 e 2018. Assim a escola já terá, no 1º dia do ano letivo o material para entregar, a merenda do início das aulas, para nunca mais faltar. Isso é planejamento, é organização, é dar condições e valorizar o empenho dos nossos estudantes”, ressaltou o governador.

De acordo com informações da Sad, inicialmente o pregão licitatório indicava o custo aproximado de R$ 12,6 milhões para aquisição dos kits escolares. Contudo, ao observar que por meio da adoção da ata do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o custo seria reduzido para R$ 8.417.279,00, o Governo do Estado optou pela adesão.

Assim, a gestão do governador Reinaldo deixou de gastar cerca de R$ 4,2 milhões, com a compra de 290 mil kits escolares. Conforme a Secretaria de Educação (Sed), são quatro tipos diferentes de kits, sendo:

1- Educação infantil pré-escola (R$ 33,46/unidade) – agenda escolar, apontador, borracha, caderno de desenho, canetinha hidrográfica, cola branca, giz de cera, lápis de cor, lápis grafite, massa para modelar, pincel, tesoura sem ponta e tinta guache.

2- Ensino fundamental anos iniciais (R$ 27,89/unidade) – apontador, borracha, caderno brochurão, caderno de desenho, canetinha hidrográfica, cola branca, giz de cera, lápis de cor, lápis grafite, régua e tesoura sem ponta.

3- Ensino fundamental anos finais (R$ 28,30/ unidade) – apontador, borracha, caderno de desenho, caderno universitário, caneta esferográfica (2 azuis/1 preta/ 1 vermelha), esquadro 45 e 60 graus, lápis de cor, lápis grafite, régua, tesoura sem ponta e transferidor 180 graus.

4- Ensino médio e EJA (R$ 35,19/ unidade) – apontador, borracha, caderno de desenho, caderno universitário, caneta esferográfica (2 azuis/1 preta/ 1 vermelha), lápis grafite e régua.

De acordo com a Secretaria de Educação a compra leva em conta o número de 250 mil alunos matriculados em 2016 (dados preliminares), a reserva técnica de 10%, devido às matrículas estarem abertas no ato da compra e o fornecimento de mais de 10 mil kits para as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae’s).

 

 

Comentários