Governo do RN planeja transferir detentos para enfraquecer ‘ações criminosas’

O governo do Rio Grande do Norte estuda transferir presos de Alcaçuz para outras penitenciárias do Estado após a briga entre facções que causou a morte de ao menos 10 detentos. O objetivo da medida é enfraquecer possíveis reações dos detentos, disse, neste domingo (15), o secretário da Justiça e Cidadania, Walber Virgolino.

“Os presos serão, possivelmente, transferidos dentro do próprio Rio Grande do Norte para enfraquecer possíveis ações criminosas que venham a ocorrer”, disse.

O secretário não confirmou o número de mortos informado anteriormente pelo governo estadual. “A gente trabalha em cima de 10. Isso pode ser superior, pode ser inferior”.

Segundo o secretário, já foram dominados os pavilhões 1, 2 e 3 de Alcaçuz. “Agora estamos dominando o 4 e o 5, mas sem nenhum tipo de confronto, de reação. Tudo está correndo dentro da normalidade”. A expectativa do governo é que, até as 18h (horário local), tenha terminado a operação de controle da penitenciária. (Com UOL)

Comentários