Governo do Estado lança Jucems Digital nesta segunda-feira

Da Redação/JN

Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) lança na tarde desta segunda-feira (19) uma plataforma que vai possibilitar que todos os serviços oferecidos pela instituição, como, por exemplo, a abertura de uma empresa, sejam feitas pela internet.

Reinaldo lança Jucems Digital nesta segunda (Foto: Reprodução)

Desse modo, não será mais necessário levar a documentação física até a Jucems. A papelada poderá ser autenticada por meio de certificação digital, como já ocorre, como o sistema da Receita Federal. A viabilização desse novo sistema, entre o estudo e o desenvolvimento da plataforma demorou dois anos.

“O sistema todo está focado na agilidade, desburocratização e segurança para o empresário. Então já a partir de hoje qualquer contador do estado vai poder abrir uma empresa digitalmente. A abertura de uma microempresa, que demandaria antes pelo menos 48 horas, poderá ser feita em praticamente três ou quatro horas”, explica o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

O secretário revela ainda, que o sistema que será utilizado em Mato Grosso do Sul é uma plataforma totalmente segura, que já é utilizada, inclusive, em outros estados.

“Nós tivemos um apoio muito importante da Junta Comercial de Minas Gerais, que nos acompanhou neste processo e onde o sistema já funciona há alguns anos. Neste período, se mostrou muito ágil, extremamente segura e possibilitou uma redução de custos”, comenta.

Para operar o novo sistema, o secretário revela que a Jucems em parceria com o Sebrae/MS e o Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso do Sul (CRC-MS) vai promover a partir desta segunda-feira uma série de encontros de capacitação em Campo Grande e no interior do estado.

Ele comenta que nós próximos seis meses a Junta vai continuar a receber a documentação em meio físico e no digital para os procedimentos, mas que após esse período, o funcionamento será totalmente digital.

Comentários

comentários