Governo diz ter aplicado R$ 155 milhões em obras de infraestrutura em MS

Recursos do primeiro semestre foram aplicados na construção de pontes e na pavimentação, implantação e manutenção de rodovias

O governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) diz ter investido mais de R$ 155 milhões em obras de infraestrutura com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul), durante o primeiro semestre deste ano.

Reinaldo cumprimenta Murilo em evento (Foto: Saul Schramm)

Do total dos recursos aplicados, a maior parte (71%) foi destinada para restauração, manutenção, pavimentação e implantação de rodovias, seguido por pavimentação asfáltica e drenagem urbana (21%) além da reforma e manutenção de pontes (8%).

O balanço de destinação dos recursos, apresentado na última reunião do Conselho de Administração do Fundersul (em 25.7), reforça que o Governo do Estado tem priorizado os investimentos na manutenção da infraestrutura rodoviária – estradas e pontes, garantindo trafegabilidade em qualquer época do ano e, principalmente, o escoamento da produção de matéria prima e industrializados – de acordo com principal objetivo do fundo.

“Atuamos com três frentes prioritárias:  pavimentação e manutenção das rodovias, construção de pontes e a restauração com revestimento primário das rodovias do Pantanal. Com as novas fronteiras agrícolas, a tendência da pecuária é se concentrar cada vez mais na região pantaneira, por isso estamos trabalhando com afinco na região”, destacou o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith.

Dentre as obras ainda em execução que receberam recursos do fundo até o segundo trimestre destacam-se a pavimentação, restauração e drenagem urbana de 31 municípios; pavimentação de 42km da MS 379 (Laguna Carapã); pavimentação e drenagem de 32km da MS 223 (trecho de Costa Rica a Figueirão); implantação e pavimentação de 18km da MS 450 (Aquidauana – trecho Palmeiras/ Piraputanga/ Camisão), pavimentação da MS 258 (Sidrolândia) e implantação e encascalhamento de 65 km das MS-228 e MS-423, em Corumbá.

“O Fundersul é a principal fonte de arrecadação para investimento na infraestrutura do nosso Estado, por isso ele é essencial”, ressalta o superintendente de Planejamento e Gestão de Obras Públicas da Seinfra, Paulo Cesar Limão Montilha.

A análise técnica e parecer da Prestação de Contas referentes às obras e serviços executados no segundo trimestre com recursos do Fundo foram entregues ao governador para análise. Da governadoria, a documentação seguirá para a Assembleia Legislativa para aprovação e publicação.

Comentários