Governo, bancos e empresas participam de debate sobre moedas virtuais

A comissão especial que discute a regulação de moedas virtuais pelo Banco Central (PL 2303/15) promove nova audiência pública nesta quarta-feira (4), a pedido dos deputados Áureo Ribeiro (Solidariedade-RJ) e Expedito Netto (PSD-RO).

Deputados querem conhecer ameaças e vantagens trazidas pelas moedas virtuais. Foto: ra2estudio/DepositPhotos.

“A nova criptomoeda ultrapassaria os limites do mercado financeiro, representando, inclusive, ameaça às moedas emitidas pelos países”, alerta Ribeiro. Desta vez foram convidados para discutir a proposta, entre outros, representantes das seguintes instituições:
– Ministério da Economia;
– Banco Central;
– Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto);
– Facebook;
– Google;
– Baidu; e
– Apple.

O deputado Expedito Netto, que sugeriu o convite às empresas de tecnologia, afirma que ouvir esses especialistas é essencial para “assegurar que o País possa se posicionar com protagonismo internacional mas, ao mesmo tempo, assegurando que a legislação não fragilize o controle e o combate à atividades ilícitas”.

Participação popular – A audiência, que estava inicialmente marcada para a semana passada, será realizada nesta quarta, a partir das 14h30, em plenário a definir. Os interessados poderão participar enviando perguntas e sugestões aos convidados.

*com informações da Agência Câmara Notícias

Comentários