Governador inaugura campus da UEMS em Campo Grande

Após 15 anos de espera, o governador Reinaldo Azambuja inaugura o campus da UEMS em Campo Grande, nesta segunda-feira (3).

Reinaldo Azambuja inaugura nesta segunda-feira campus da UEMS em Campo Grande
Reinaldo Azambuja inaugura nesta segunda-feira campus da UEMS em Campo Grande

Desde 2000, quando foi instituída, a UEMS de Campo Grande utilizava-se de espaços improvisados para atender seus estudantes. Os acadêmicos de Medicina, por exemplo, estavam ocupando instalações cedidas por uma faculdade particular.

Às 9h30, na MS-080, Azambuja entregará para 800 alunos a Universidade que conta com sete blocos dotados com salas de aula, administração, laboratórios, biblioteca, teatro, passarelas, bicicletários, subestação, guaritas, além de um lago artificial central e colunas inspiradas em pinturas indígenas. Um investimento de R$ 47 milhões.

O reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Fábio Edir, entende que a entrega da obra confirma o compromisso do Governo com a instituição e afirma que o complexo de prédios da Unidade Universitária da Capital atende uma das demandas mais antigas da UEMS e beneficiará toda a comunidade acadêmica e a população em geral. “Além de ganharmos uma nova unidade, Campo Grande ganha um novo cartão postal, pois quem visitar o novo prédio verá como ficaram bonitas as instalações”, disse o reitor.

A nova estrutura vai abrigar os 150 servidores e os acadêmicos matriculados nos cursos de graduação em: Artes Cênicas e Dança; Bacharelado em Letras; Bacharelado em Geografia; Licenciatura em Geografia; Letras Português-Espanhol e suas Literaturas; Letras Português-Inglês e suas Literaturas; Pedagogia; Turismo e Medicina; além dos mestrandos em Letras, em Educação e do mestrado Profissional em Letras.

Reinaldo também prestará uma homenagem ao ex-governador Pedro Pedrossian. Ele foi responsável pela criação da UEMS, instituída em sua gestão pela Lei 1461, de 20 de dezembro de 1993.

Embaixador do Japão

 Às 14h30, no gabinete da governadoria, Azambuja terá uma audiência com o embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda.

O objetivo da visita é estabelecer relações entre o governo do Estado e a Embaixada e ainda tratar da possibilidade de visita de um membro da família imperial a Mato Grosso do Sul.

Em 2015 serão completados 120 anos desde a assinatura oficial das relações diplomáticas entre o Japão e o Brasil (os 120 Anos de Amizade Japão-Brasil) e ainda 107 anos da imigração japonesa no Brasil.

Comentários

comentários